sexta-feira, outubro 06, 2006

Às vezes

tenho conversas que tocam fios que vibram cá dentro e que eu até já me tinha esquecido que existiam, são como que cordas de uma viola que esteve arrumada muito tempo e que está com algumas cordas partidas e outras desafinadas...


6 comentários:

Polarito disse...

Aquele que conseguir ter dentro de si as cordas de uma viola clássica e toda a vida esconda dos outros a guitarra elétrica que há dentro de nós, merece aplausos de pé ;)

issima disse...

.. mas isso é bom, não é?

Grande beijo, violinha... : ))

Maríita disse...

Polarito,
Obrigada pela visita e volta sempre que quiseres

Íssima,
É bom sim senhora!

Beijinhos

Jotabê disse...

...ao contrário dessa, que está com ar muito arrumadinho. Alguma conversa desagradável, suponho.

:)

XX

DIV de divertida disse...

que bonito este post...
conseguiste tocar-me (e olha que não é fácil...)

CP disse...

por vezes é preciso trocar as cordas para que saia um bom som!