quarta-feira, outubro 04, 2006

Tocones...

Ao longo dos anos habituei-me a ser olhada de lado, como um animal raro, porque quando falo com as pessoas gosto de as tocar. Isto dito assim soa um bocadinho mal, mas quando falo em tocar, é dar umas pancadinhas no braço, um abraço rápido e assim, nada de muito escandaloso. Pois em Portugal não é um hábito, nem mesmo entre amigos de longa data e como tal, pareço sempre uma destravadinha...quem me conhece não se importa demasiado, quem leva com esses mimos pela primeira vez normalmente encolhe-se...
E vocês, de que tipo são, "tocones" ou "no tocones"?
P.S. - A expressão "tocones" foi-me explicada em Espanha, como sendo aquelas pessoas que quando falam com outras verbalizam a sua estima também pelo toque.

12 comentários:

Pedro Ferreira, Visconde de Cunhaú disse...

Mas olha que existem países onde as pessoas ainda são mais alérgicas a qualquer tipo de contacto físico. Por acaso, o mesmo não se passa aqui no Brasil. Eles bem que gostam de se esticar nesse campo... :)

Anónimo disse...

Sou brasileira e não tenho esse hábito, mas a quem goste e pronto!

Sofia disse...

O Pedro tem razão. Aqui no Brasil, a grande maioria das pessoas é adepta ao contato físico. Eu não vejo o menor problema e sou uma grande "abraçadeira". Sempre cumprimento as pessoas com dois beijinhos E um abraço de verdade, daqueles apertados, para demonstrar o meu afeto. Há quem não goste, e eu respeito isso.
Abraços,

asdrubal tudo bem disse...

no tocone , conheço muita gente que tem esse hábito não acho assim nada do outro mundo. Não me parece que tenhas que te preocupar.

CP disse...

Eu sou notocone e só tenho probelas com as pessoas "toconas" quando estou a transiprar e insistem em me tocar...
Yeah i'm a freak! LOL

DIV de divertida disse...

pois sou muito de tocones, mas só com as pessoas do meu círculo.
eu cá não gosto que me invadam antes do tempo.

Salta Pocinhas disse...

Tocone com amigos especiais.
Mas acho que já sabia disso ;)
beijokas

Salta Pocinhas disse...

sabias

Alentejano disse...

Eu gosto muit de tocar.....

Anónimo disse...

por acaso, eu detesto que me estejam a dar pancadinhas nos braços,quando estão a conversar comigo. Não é ser fria, só me irrita :p

bjs***

Maríita disse...

Pedro,
É óbvio que existem os "alérgicos" e os outros, mas eu cá por mim, fico-me pelos outros.

anonymous,
Cá está uma brasileira para contrariar o que nós vemos como uma regra.
Quando puder assine com um nome qualquer é bem mais simpático que ser conhecida como anónima.

Sofia,
Tenho uma amiga que é exactamente assim e que já reclamou deste meu post, dizendo que eu até não sou tão "tocona" como isso...

Asdrubal,
Nem sabes o que andas a perder!

CP,
Farei todos os possíveis por só te conhecer no pino do Inverno e num momento em que não tenhas andado a correr atrás do pombo ou a fazer patinagem.

Divertida,
Às vezes até assusta o parecida que somos...

Salta Pocinhas,
Claro que debaixo desse mau feitio todo, alguns amigos, como eu, têm-se sempre sentido priveligiados.

Alentejano,
De ti, não esperaria outra coisa...

Sem Comentários,
Não podemos ser todos iguais, pois não?

Jotabê disse...

Se bem que atrasado, mesmo assim vou-me revelar. Sou tocone e completamente adepto do tocone, mesmo para estranhos, e também adepto do cumprimento aos beijos e apertos de mão e por aí fora...
...só não gosto que falem com a cara muito perto da minha, situação tão brilhantemente caricaturada pelo "Gato Fedorento" com o sketch da "distãncia socialmete correcta"

:)