sexta-feira, janeiro 19, 2007

Mi querido abuelo,

me siento un poco perdida. Sabes que hoy día hay muchos instrumentos tecnológicos que nos dicen por donde y para donde nos devemos ir, aun así me siento perdida. No hay GPS o sistema de navegación que me ayude, te gustaría pedir que me enviaras desde ahi una señal de que este es mi camino... No me esperaba esta vaina ahora, no me esperaba esta parada, cambio de dirección, mudanza obscura. Explicame, qué es supuesto yo hacer?

7 comentários:

Anónimo disse...

Blargh! Em espanhol... :)

Anónimo disse...

A unica direcção que te posso indicar é a do meu " Ferrolho " , não precisas de GPS , basta clicar onde diz moinante .
Um bom fim de semana .

eumesma disse...

Minha amiga:

Ainda que possa vir alguma "luz" de "lá de cima", do teu querido avô, as respostas ás nossas inquetações estão sempre , sempre dentro de nós...

Por mais que as buscamos em desespero fora, é cá dentro no nosso coração, que "tudo mora"...
As perguntas e as respostas...

Espero que "ele" te indique o caminho de ti própria....:-)

Bjs

Tongzhi disse...

O avô...
Que saudades!

Sofia disse...

Certa vez eu estava conversando com o meu irmão sobre uma decisão que eu precisava tomar. Qual das opções seria a melhor? O que causaria menos estrago na minha vida? Como saber que foi a decisão correta? Ele sensatamente me respondeu: "Tome a decisão antes de dormir. Se você acordar bem na manhã seguinte, com a cabeça e o coração leves, é porque escolheu o caminho certo."
Abraços,

Anónimo disse...

VIVIR!

Polarito disse...

A vida é engraçada por ser assim mesmo. Se existisse um caminho só, o céu teria uma estrela só...
Beijito.