quinta-feira, janeiro 18, 2007

The Dark Side



Todos temos um lado negro, um lado que de vez em quando nos impede de ter a alegria que deveríamos ter ou a capacidade de rir que gostaríamos de ter, no entanto, e ao contrário da maioria das pessoas, eu sei que estes períodos negros, são períodos de grande crescimento interior. São épocas em que a pessoa se sente desesperada, entrada num tunel escuro sem saída aparente, mas são épocas muito importantes.

Importantes por vários motivos, o primeiro deles é permitir-nos avaliar quais são efectivamente as nossas forças e debilidades. Não somos todos iguais, uns têm mais força aparente, outros aparentemente são fragéis, choram muito, desconjuntam-se, partem-se, mas aguentam-se nas situações.

Importantes porque nos permitem saber quem são os nossos verdadeiros amigos. E, não tenham dúvidas a esse respeito, os nossos verdadeiros amigos são os que estão connosco e que nos apoiam durante estes processos.

Importantes porque no final, a antiga roupagem e forma como se lida com as situações e com as pessoas se alterou e alterou-se certamente para melhor para quem passa pelo processo de renovação.

Por isso, ando de visita ao Dark Side, para acabar de vez com os fantasmas do passado, com situações recorrentes, provavelmente coisas que nunca entendi mas que sempre existiram na minha vida não por opção mas sim por imposição.

No entanto, não tenho muito medo, tenho um Yoda dentro de mim que ocupa uma grande parte do meu coração, o meu lado infantil, o meu lado do amor e esse, de momento, é intocável




For all this fear not, I shall be back!

8 comentários:

Luis disse...

I say... "Read on, read on..."

DIV de divertida disse...

Quanta sabedoria, minha amiga. É mesmo assim...
o problema é que só há capacidade para perceber isso no rescaldo...

eumesma disse...

Pois, revi-me neste texto, axo ke todos se reviram de laguma forma...

Tu essa capacidade, de te analizares, é espantosa de facto...
Mas isso é bom, porque só tendo a rela consiência de nós, nos podemos ajudar.

Bjs

P.S. E olha, qd não te fizer falta, depois de já estares servida, empresta-me aí o teu Yoda, porque nestes dias ke correm uma espada dessas fazia-me imenso jeito...

Anónimo disse...

a.k.a. lado lunar, como na música!

Ao ler este post lembro-me de um livro - "Ao encontro da Sombra" - que me ajudou há uns anos a iniciar conscientemente algumas dessas incursões pedagógicas.

:)

"Something we were withholding made us weak, until we found out that it was ourselves we were withholding ..." - Robert Frost

Anónimo disse...

Isto só me faz lembrar aquela música antiga dos INXS: "Devil Inside"!

Sofia disse...

"Sou anjo, sou demônio ... sou o que preciso ser."
Não me lembro bem quem me disse isso, mas me serviu para superar alguns momentos menos agradáveis da vida.
Abraços,

Anónimo disse...

Há bem pouco tempo passei por um "período negro", mas estou em franca recuperação!

Tudo de bom para ti!

Bjs

Kitty disse...

Uma beijoca e cumprimentos ao Yoda! :-D