quinta-feira, janeiro 04, 2007

Longas cartas para alguém

neste caso para mim.

Era uma vez, porque é assim que começam os contos de fadas e histórias de encantar, como dizia, era uma vez, uma rapariga que abriu um blog, decorria o mês de Maio do ano de 2006, essa rapariga cedo conquistou toda a gente, tinha um sorriso nas palavras e alegria na escrita.
Com o passar dos meses criou uma legião de fãs, maioritariamente portugueses seduzidos pela simpatia demonstrada. Um dia decidi mandar-lhe um e-mail e a pouco e pouco começámos a conversar no msn, uma amizade começou assim, de modo virtual, sem nunca termos sequer estado frente a frente numa webcam.
Assim, a amizade e carinho foram florescendo. Pedi-lhe a morada para lhe mandar um postal de Natal, verdadeiro, de cartão como se fazia antes da internet ser tão divulgada. E para meu espanto descobri que esta amiga virtual tinha andado à procura duma prenda para mim. (http://longas-cartas.blogspot.com/2006/12/prendinha.html)
E nem imaginam o trabalho que ela teve para chegar com este magnífico aspecto até mim e cumprindo o seu destino, atravessou o Oceano, através de mares e tempestades:

E fez-me chorar de comoção! Sou uma lamechas eu sei, mas nestes últimos tempos que tenho andado em baixo, receber uma prenda dada com tanto carinho, deixou-me sem palavras e muitas lágrimas. Citando uma amiga minha "Quando Deus te fecha uma porta, abre-te uma janela" e é assim que eu vejo esta prenda.



Como uma janela de oportunidade para eu escrever todos os dias de 2007 as minhas venturas e desventuras, sucessos e insucessos e poder ler as palavras de Tom Jobim todos os dias.

Aproveito para vos dizer que nesta prenda se encontra toda a inteligência de uma rapariga, uma prenda que mostra as coisas boas que se fazem no seu país, promovendo-o pelo lado positivo, um exemplo a seguir.

Para a Sofia, o meu muito obrigada pela janela de oportunidade, pelo carinho e amizade.

Um abraço muito grande e beijinhos de pura amizade.

16 comentários:

Jotabê disse...

E assim também, se criam situações, se usam emoções e constroem amizades. Já fui mais séptico em relação a este mundo negativamente chamado de virtual.

:)

beijo

Tongzhi disse...

Aí está uma experiência positiva. São estas que eu privilegio!

Paulo Cunha Porto disse...

A "net" tem "du bon". E a Blogosfera justifica-se.
Parabéns às Duas.

Anónimo disse...

Pontes, minha cara. Pontes!

Pandora disse...

Maria, venho um pouco atrasada mas não tarde demais para desejar que o ano 2007 te sorria. Não tivémos muita oportunidade de falar nas duas vezes que estivémos juntas mas senti que apesar de sorrires o teu olhar transmitiu-me alguma tristeza. Se calhar estou enganada, espero que sim, desculpa este desabafo mas fizéste-me lembrar um pouco eu, que sorrio por fora mas choro por dentro...

E agora chega de amarguras e por muito que custe "levantar-se, sacudir o pó e seguir em frente", é como tu disseste e muito bem, o único caminho.

Beijo grande e BOM ANO!

Anónimo disse...

gesto muito bonito. realmente por vezes as fronteiras virtuais quebram-se e facultam-nos oportunidade de conhecer seres humanos fantásticos. E ainda há pessoas com coração!

asdrubal tudo bem disse...

é bom ter amigos assim.

Anónimo disse...

Sim de facto puro. Ao contrário do que maioritáriamente se vai encontrando neste mundo virtual, embora, mesmo assim, nos Blogs seja onde as melhores experiências se vão vivendo.

Bjs às duas !

Maria e Jorge disse...

Gostei de conhecer o teu blog.
Parabéns.
E podes crer, que Deus não fecha uma porta que não abra uma janela

Beijinhos
Maria

Rita disse...

os amigos é q nos valem minha querida, qd td o resto nos escapa :)))))))))

eumesma disse...

Confeso, miuda, que agora fui eu que fiquei sem palavras para aquilo que descreves aqui.
Não me surprendo pela Sofia, nem pelos laços que se criaram, é natural, eu mesma através da Internet já conheci falei e conheci até pessoas brasileiras que se tornaram mais amigas do que algumas que vivem aqui bem perto de mim...
Surprendo sim, pela emoção que este texto teu denota, é bonito e não és nada lamechas.
Portanto que viva a Sofia, a sua amizade, e já agora a Internet que nos possibilita conhecer pessoas (ainda que ás vezes nem as chegamos a conhecer) que de de outra maneira não conheriamos...:-)

Bjs

P.S. Que tal um coffe, um dia destes, para rires um cadinho aki com as minhas parvoiçes..?? ;-)

Anónimo disse...

Agora entendi para quem a Sofia andava a procurar um presente especial...Uma lição para muitos que por aí ainda insistem em falar mal dos brasileiros!

Sofia disse...

Querida Maria,
Uau, isso é que é surpresa agradável. Eu fico dois ou três dias sem visitar os blogs e quando volto encontro um agradecimento com tanta sensibilidade.
Que essa agenda possa registrar os seus sentimentos transformados em palavras e que os momentos de felicidade superem os de angústia.
E já fazendo minhas as palavras do Tom:
"Existiria a verdade
Verdade que ninguém vê
Se todos fossem no mundo iguais a você"
Abraços (brasileiros)

vinte e dois disse...

Bom fim de semana e diverte-te ;)
eijinhos

Maríita disse...

Jotabê,
Eu tenho feito verdadeiros amigos na net, daqueles que qualquer pessoa gostaria de ter!

Tongzhi,
O Senhor é um imperador muito sábio!

Paulo Cunha Porto,
é verdade!

Zuco,
Adoro estas pontes...

Pandora,
É bom ter-te por aqui, regressa sempre!

Tony,
Claro que há pessoas com coração e é dessas que nos devemos rodear!

Asdrubal,
Podes crer!

LoiS,
Foi através dos blogues que nos conhecemos, como dizer mal deles? Impossível!

Maria,
Bem-vinda! E sim, abriu-me uma janela linda!

Rita,
É verdade!

Eu mesma,
Quando quiseres, quero ouvir as tuas aventuras por "tierras de nuestros hermanos"

Capitão-mor,
A Sofia é uma daquelas pessoas que é superior a qualquer país, porque ela é naturalmente como é, existe nela uma ternura natural que é intrinseca, não é inventada ou fingida. É por causa da Sofia que eu respeito muito mais os brasileiros, porque também conheço por aqui com cada um que nem o Diabo sabia que existiam.

Sofia,
Muito obrigada, a agenda virou diário e já tem coisas boas lá escritas, sem angustia, só muito carinho!

22,
Bom fim-de-semana para ti também!

Beijinhos e abraços

Anónimo disse...

A sofia é assim... surpreendente. Beijos queridas