quarta-feira, outubro 03, 2007

Como acabar com a ineficiência

É do Brasil que vem a solução milagrosa que todos os governos do mundo procuram. Como acabar com a ineficiência? A resposta vem numa notícia da Lusa que publico abaixo.

"A decisão de um governador brasileiro de limitar a utilização do gerúndio, por ser uma forma verbal associada à ineficiência, é considerada por linguistas portugueses como unicamente política, visto que é uma construção verbal existente no português.
O governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, demitiu por decreto o uso do gerúndio nos órgãos do governo e proibiu o uso do gerúndio para desculpa de ineficiência.
O político alegou que perdeu a paciência com alguns assessores que estão sempre "fazendo, providenciando, estudando, preparando, encaminhando", mas nunca concluem um trabalho ou estabelecem um prazo para a sua
finalização
.".
Claro que em Portugal o uso do gerúndio caiu em desuso, mas parece-me que é este tipo de medidas que nos vai fazer progredir e chegar mais longe! Simplex da língua...

4 comentários:

Rubina disse...

Ora aí está o busílis da questão! lollol

Breaking the Waves disse...

lol

Sabes que por cá se utiliza muito o gerúndio?

Beijocas

Capitão-Mor disse...

Esta terra é uma caixinha de surpresas!!!!

Babe Certificada disse...

Se eles tiverem metade do nosso desenrascanço, arranjam já solução!