quinta-feira, maio 10, 2007

ESCRITOR LOUCO LANÇA TRÊS LIVROS NUM DIA!



O conhecido louco Luís Graça (igualmente notório como escritor) foi acometido de mais um ataque de grau 7 e prepara-se para lançar três livros no mesmo dia, a menos que seja impedido pelas autoridades competentes, ou seja, Júlio de Matos e Miguel Bombarda.
A tripla insanidade ocorrerá a partir das 18 horas do dia 17 de Maio (quinta-feira), na Livraria Bulhosa Entrecampos, em Lisboa (15 minutos a pé a partir do Júlio de Matos, um pouco mais a partir do Miguel Bombarda).
Produtos de uma mente doentia e delirante (mesmo perigosa), os livros "De boas erecções está o Inferno cheio, King Kong Size, Edição Especial para Masturbadores" (poesia), "A mulher que fazia recados às putas e mais contos perversos" (contos) e "15 desatinónimos para Fernando Pessoa" (contos) estarão disponíveis para todos os corajosos que se quiserem arriscar a comparecer no referido espaço de confraternização literária.
Igualmente presente estará o pessoano Riba de Castro, brasileiro radicado em Espanha, que comete a loucura de se deslocar expressamente (ou de avião?) de Madrid para o acontecimento, previsivelmente recheado com uma curta-metragem de Riba de Castro alusiva ao vate português ("Pessoalmente") e uma exposição de fotos que é... uma loucura! ("Lisbon Revisited", trabalhos de Inês Ramos e José de Deus, com textos de Luís Graça).
Luís Graça assegura que lhe retirarão a mordaça e o colete-de-forças na hora da sessão de autógrafos.
***
E eu asseguro que depois de tamanho evento, vamos jantar fora, quem estiver interessado, mande s.f.f. um mail para jojoca@sapo.pt.

7 comentários:

LoiS disse...

Minhálma está parva!

Jade disse...

Mas isso é mesmo verdade?!!
Um beijo!

Marta disse...

Tá tudo doido! :))

Luís Graça disse...

Em primeiro lugar, os meus agradecimentos à Maríita, pela divulgação e a militância.

Em segundo lugar, um esclarecimento à JADE:
é mesmo verdade. Não tem nada que enganar.

E não me meto nestes embrulhos por vaidade. É que como jornalista já estou mais do que morto e enterrado. Por isso, tenho de apostar tudo na Literatura.

O motivo que me levou a decidir apostar tudo nos livros foi a morte do Alface em plena Comunidade de Leitores da Culturgest. A que se seguiu mais uma série de funerais. Num deles fiz mesmo "zapping" entre missas de corpo presente. Olhei para o lado, vi camaradas de A BOLA e soube que tinha morrido a mãe de uma ex-colega do Correio da Manhã. Ainda prestei os meus respeitos e depois tive de sair com o funeral do meu amigo.

Perante isto, a reacção que tive foi esta: tudo ou nada.
A ideia é arranjar uma editora para segundas edições dos livros.
Através de um lançamento triplo inédito (ou perto disso), tento potenciar uma divulgação boa.

Porque não me falta material em gaveta.
Começando pelo "sexonanoite.blogspot.com" (Diário Sexual de um escritor frustrado).

E para que não fiquem a pensar que só sei escrever sobre sexo, podem ir até www.truca.pt e procurar em Palavras de Ouro pelo meu nome. Há lá poemas líricos. E até mesmo as "Erecções" têm uma pancadaria de páginas com poemas bem comportados.

Tongzhi disse...

O programa é aliciante. Mas é um dia muito especial lá na minha terra! Pára tudo e há festa toda a noite na praia!!!

Capitão-Mor disse...

Por um pouco pensei ter lido curta-metragem do Ribeiro e Castro! LOL!
No entanto, considero que o Luís Graça deveria ter apostado numa estratégia de marketing mais agressiva, com o lançamento dos livros no Elefante Branco...Eh,eh,eh!
Ah, e convém avisar que existirá um lançamento II no Salão Erótico de Lisboa.

Amanhã ou seguna-feira tb haverá post sobre o assunto lá nos trópicos.

Luís Graça disse...

Caro Capitão-Mor:
Obrigado pela divulgação.

No "Elefante Branco" nem sequer entrei para o "Diário Sexual de um escritor frustrado". Já não entro lá há uns bons quatro ou cinco anos.

O Salão Erótico já é um local suficientemente emblemático. O ano passado estive lá a cobrir os lançamentos literários para o "BD Voyeur" e estava muito longe de imaginar que este ano seria protagonista.