domingo, março 04, 2007

O Tempo dos Amores Perfeitos

Li o último romance de Tiago Rebelo "O Tempo dos Amores Perfeitos", o livro retrata uma história de amor passada em Angola, o amor de Carlos e Leonor. A acção que decorre em 1849, descreve uma Angola colonizada, em que Luanda é uma capital pequena e esquecida pelo poder político da metróple e em que os personagens têm que viver numa realidade totalmente diferente daquela que esperavam encontrar, o sol inclemente, as chuvas torrenciais, a distância, a imensidão, a dificuldade em negociar com as diferentes tribos africanas.
Por tudo o que se desconhece de Angola, vale a pena ler o livro. Só um detalhe irritante a meu ver, o autor tenta em todos os capítulos antecipar a acção, o que faz com que o efeito surpresa se encontre muito diluido.
"O Tempo dos Amores Perfeitos", Tiago Rebelo, Editoria Presença.

8 comentários:

Capitão-Mor disse...

Parece-me uma história feita à minha medida. Como sabes, adoro todos livros cuja acção se desenrola nas nossas ex-colónias.
Uma boa semana para ti!

Buttafly disse...

Apesar de não ter nada a ver, lembrei-me de sugerir: já leste O Amor em Tempo de Cólera do Gabriel Garcia Marquez? E já agora, Como Água para Chocolate, da Laura Esquivel?
Do melhor mesmo que já li até hoje.

;-)

Sofia disse...

Estou numa fase muito romântica e penso que essa é uma excelente dica de leitura. Vou procurar aqui no Brasil.
Abraços,

Lígia disse...

Vou procurar na proxima vez que comprar isso a que chamam de livros

Tongzhi disse...

O livro não li mas as flores adoro. Tenho uma data deles "espalmados" e secos em folhas de livros... ficam um espanto!
Boa semana para ti!

Paula disse...

Aii... Os posts sobre livros... deixam-me sempre com curiosidade e mais cedo ou mais tarde, lá tenho de comprá-los!! ;)

Rita disse...

o tiago rebelo é o nicholas sparks portugues. lês um romance e adoras, lês o segundo, idem. e dps começas a perceber q é sp td mt parecido. tb amei os livros q a buttafly sugeriu : )

TONY, Duque do Mucifal disse...

gosto muito do tiago rebelo. li umlivro dele e fiquei fascinado. Não sendo um romancista por natureza gosto da escrita dele.