segunda-feira, fevereiro 13, 2006

Dia dos Namorados

Estou muito contente com as várias revistas que acompanharam a edição de fim-de-semana dos nossos jornais. Enquanto os jornais debatiam a questão da Gripe das Aves, das caricaturas, da política interna e outros assuntos de importância nacional e internacional. Os editores das várias revistas de sábado e domingo, tiveram que procurar tema para escrever e claro, estamos na altura ideal para falar do Dia dos Namorados.


Já estamos todos fartos de saber que o Dia dos Namorados não passa de uma invenção de meia dúzia de fulanitos que como viam que o negócio não estava a correr bem e tiveram que puxar pela massa cinzenta para dar a volta ao assunto. No hard feelings, a malta até compreende que seja difícil vender peluches e almofadas em forma de coração a dizer "I Love You"... mas, este ano, pela primeira vez em toda a minha vida, estou verdadeiramente contente com este tema. Passo a explicar:

Estas revistas estão cheias de informação muito útil sobre CHOCOLATE! Receitas estupendas e muitas fotos... descobri que sou chocoólica!

Vamos lá ao que importa, a deusa da fertilidade Maia, Xochiquetzal, era presenteada por quem necessitava dos seus favores com...chocolate. O imperador asteca Montezuma, bebia uma espécie de sumo de chocolate num copo de ouro, Sua Alteza bebia aproximadamente 50 doses por dia. E foi só em 1528 que Fernando Cortéz se lembrou de juntar açúcar ao cacau e ai começou o delírio da massa associativa. Para se ter uma ideia, os norte americanos gastam, só no dia de São Valentim, mil milhões de dólares em chocolate.
Mas os estudos não se ficam por estes valores, é que aparentemente o chocolate provoca a libertação de endorfinas que criam a sensação de felicidade e o chocolate contém vestigios de feniletilamina, um composto químico que é libertado durante o orgasmo, o que faz com que 50% das mulheres confesse preferir chocolate a sexo.
Por isso, já sabem se um homem vos oferecer flores isso é Impulse, mas se vos oferecer uma caixa de chocolates de um chocolatier isso é ...

9 comentários:

marta disse...

Confesso que acho o dia dos namorados, os ursos de peluche e as almofadas em forma de coração a dizer " I Love You" uma enorme piroseira, mas chocolates adoro, venham eles todos os dias do ano!:) Mas daí a dizer que chocolate é melhor que sexo, lamento por esses 50% de mulheres que certamente envolveram-se com o homem errado. Lol
bjs

Maríita disse...

Oh Marta e que tal os chocolates e o sexo? Vais ver sou eu que sou exigente com a vida ;-)! LOL
Bjs

marta disse...

Maria, aí estou 100 % de acordo contigo! Não se trata de exigência para com a vida, mas sim, de saber saborear os prazeres que a vida tem! Ou então nós é que somos muito gulosas! Ehhh
bjs

Nelita disse...

lollllllllllll
kal peluches kal carapuça...
a malta quer e chocolate memo, mesmo k nada dessas teorias seja credivel ,,,e bommmmmm ,,e do branco??? hummmmmmmm
bjinhos

AS disse...

Maria, adorei a criatividade do texto, muito bem humorado!...

Beijosss

Andorinha disse...

Muito bem humorado mesmo, e mto bem escrito!
Eu cá não gosto de chocolate, dá-me dores nos dentes! Um quadradinho dá-me dose pra um mês! já de sexo nao posso dizer a mesma coisa! lololol
Mas juntar as duas coisa não é nada mau nao senhora!
Hoje tenho um jantar dos desanamorados ou encalhados, como lhe queiram chamar!:D Já o ano passado fizemos um e foi giríssimo, se bem q acho q este ano vai ser ainda melhor!! Depois conto-vos!
Beijos a todos

LoiS disse...

Postei um comment sobre o Vosso líbido no que concerne a este dia dos namorados no post da Free, que cada vez mais me parece uma AttachedMind.
Marie:
...estou vivo, mas um pouco moribundo por dentro...e foi logo nesse dia!
Ave Rara:
Não sei pq, nada estás a dizer de jeito, mas continuo a gostar de ti!!!! Karmas sei lá!

MENINAS VOLTEI e preciso de Vós, se estiverem para mim ;(
;**********

freemind disse...

Pessoalmente prefiro a oferta do chocolatier que a do impulse... E ideal, ideal... é mesmo o chocolate e o sexo agregados... LOL.

Quanto ao comentário do Lois, agradece-se que te abstenhas de comentários extra post... que eu nada tenha a ver com este post. Cada um tem a sua opinião e graças a deus nem todos vêm o mundo como tu... ainda bem!! Existem mentes abertas de facto... abertas para a vida... e não para coisas tão pequenas como aquelas que falas sempre... mas isso é algo que te ultrapassa e eu n tenho a menor pachorra para te elucidar.

Desculpa Maria, n tem nada a ver com o teu post mas quem diz o que n deve acaba a ouvir o que n quer

Maríita disse...

Cheri,
Eu só gostei do tema do chocolate, porque adoro chocolate! Aliás aproveitei o texto da revista que mencionei para dar uma aula fantástica de português para estrangeiros. Toda a gente é melhor a falar de coisas de que gosta efectivamente e eu não sou excepção. Para ensinar o imperativo necessito receitas, porque não receitas de chocolate? Quanto ao resto, existe um certo tem de crítica ao facto de andar toda a gente a reboque de dias pré-estabelecidos para celebrar as coisas, dia dos namorados, dia do pai, dia da mãe, etc. Se o primeiro é claramente comercial, os seguintes, foram durante anos a fio um momento muito especial para mim, tinha que fazer umas coisas a trabalhos manuais que ainda hoje não sei para que é que servem, mas que os meus pais faziam uma grande festa...enfim...momentos!

Quanto à minha libido está bem, em franca expansão!

Free, não fico chateada com nada, já sabes que temos que dar o devido desconto ao LoiS, não eras tu que lhe chamavas cromo?