sexta-feira, janeiro 06, 2006

Músicas da nossa vida

Quantos de nós não têm uma ou várias músicas da nossa vida?

Na 4ª feira ao almoço ouvi o "Dunas" do Reininho e fui incapaz de não viajar uns bons anos e voltar à minha adolescência!Foi o 1º Concerto a que assisti!

Depois tenho outras músicas que mexem comigo e me lembram momentos ou a pessoa A, B ou C.

Sempre que ouço o "Creep" dos Radiohead lembro-me da 1ªcassete que o meu 1º namorado me gravou, e lá vem a memória daquele namoro tão inocente e tão puro.Vontade de voltar a sentir tudo tão cristalino e sem jogos.E lembro-me da cacetada que dei contra um poste ao descer a Rua do Taxa na altura em que andavamos às escondidas!O meu nariz ficou preto durante 2 semanas!Foi estilo apanhados!Até dei dois passos p'ra trás do embate!

O "Comedian" lembra-me outro amigo meu, e sempre que ouço a música salto da cadeira, por muito estourada que esteja, e danço como ele dança!É hilariante!Dança como se estivesse a dar tiros dumas pistolas imaginárias! É lindo!

Tudo o que é Salsa e Merengue, Jarabe de Palo, Alejandro Sanz e Shakira reportam-me aos meus tempos de Erasmus, e às noites em que "bailé sin parar"!Acompanhada de grandes e imensos amigos!Foi ao som da Salsa que, ao dançar com um moçoilo de 2 metros, num rodopio e "reviravuelta", dei uma cotovelada na cerveja de uma amiga e parti-lhe os dentes! Escusado será dizer que nunca mais me falou e lá se foi a amizade!Também não se perdeu grande coisa! lol

A música do "Solta-se o Beijo" da Sara Tavares e dos Ala dos Namorados, recorda-me uma noite muito bem passada em Coimbra, com grandes amigos também, e a forma como a dancei com o meu comparsa de então...uiui...não me perguntem como, mas foi do mais sensual....

O "Vermelho" da Fafá de Belém faz-me voar no tapete até à minha última Queima em Coimbra! Noites loucas com os meus grandes, grandes Amigos, a minha segunda família!!Hoje todos já casadinhos e muitos já com bebés!Mas que continuam a saltar comigo ao som desta música pirosa!

A Balada do 5º Ano Jurídico de Coimbra faz-me chorar baba e ranho quando ouço o refrão: "segredos desta cidade que levo comigo p'ra vida..."...ahhhhhhhhhhhh SAUDADE!
Estive 12 horas sentada nas escadas da Sé Velha de Coimbra, só p'ra gritar o FRA pela minha Faculdade de Economia! Força Academia!! Brioooosaaaaaaaaa!!!Académica! Académica!!!

Os Tribalistas são a quem agradeço a minha Amiga Laurita, que num veleiro ouviu o CD que lhe emprestei, adorou, e assim se iniciou uma amizade duradoura e sempre ali: uma pela outra!

Depois há músicas mais recentes, como as dos Humanos, que foram adulteradas pelos meus queridos amigos da TUIST para atormentar a Azeituna (Tuna a que pertence o meu Maninho), cuja letra original sou incapaz de decorar porque o "remix" posterior é muito melhor!Por isso as músicas dos Humanos lembram-me o meu Mano e os meus amigos!

Quando estou triste, pego no telemóvel e vejo e ouço a gravação da "Madalena" cantada pela TUIST numa noite de República fantástica, em que todos se juntaram no seu melhor!Melhor que às vezes em Festivais!É remédio SANTO!"Arrebito logo cachimbo" e fico automaticamente de bom humor!

E há muitas, muitas mais!Certamente todos nós temos milhentas, umas mais especiais que outras.
Sempre disse que não me casava, mas se algum dia o fizer (há sempre esperança que alguém pegue neste pedaço de mau feitio que sou eu!), na Igreja hão-de estar as minhas duas Tunas do coração a tocar o "Yo sin Ti" da Tuna de Segreles. A letra assim escrita parece pirosa, mas tocada como deve ser, com as vozes certas, é "entrañable"! E também quero o Porto Sentido do Rui Veloso!E a "Música à Capela" também da Tuna de Segreles!lol
Enfim, se algum dia me caso, tenho que arranjar um Padre cinco estrelas que me apare o jogo e me deixe sentir e vibrar e associar definitivamente estas músicas ao 2º momento mais importante da minha vida...o 1º é no dia que for Mãe!
Aqui ficam as letras, para de vez em quando poderem cantar comigo, nem que seja bem baixinho....

YO SIN TI - Segreles (1999)

1.Cada vez que estoy a solas
Triste estoy y me doy cuenta
Qué sin ti, no hay ilusion de amor...

2.Veo el mar, de imensas olas
Y un sin fin, lleno de estrellas
Qué sin ti, pierden su intensidad...

3.Faltas tu, a cada instante
En la luz, del sol brillante
Yo sin ti no volveré a sonreir
Como antes

1.Por favor (ven a mi)
Ven que te estraño (ven)
Ven a mi (por favor), toma mis manos
No me dejes no, morir de amor (no , morir de amor)

[Istrumental]
[Recomeça]

4.Morir de amor, no me dejes no, no, morir de amor
No me dejes morir de amor
No me dejes morir de amor

No me dejes ya no
Morir de amor

PORTO SENTIDO - Rui Veloso

1.[Intro]

1.Quem vem e atravessa o rio
Junto à serra do Pilar
vê um velho casario
que se estende até ao mar

1.Quem te vê ao vir da ponte
és cascata, são-joanina
erigida sobre um monte
no meio da neblina.

2.Por ruelas e calçadas
da Ribeira até à Foz
por pedras sujas e gastas
e lampiões tristes e sós.

2.E esse teu ar grave e sério
dum rosto e cantaria
que nos oculta o mistério
dessa luz bela e sombria

[refrão]
1.Ver-te assim abandonada
nesse timbre pardacento
nesse teu jeito fechado
de quem mói um sentimento

2.E é sempre a primeira vez
em cada regresso a casa
rever-te nessa altivez
de milhafre ferido na asa

9 comentários:

freemind disse...

Antes de mais, conheço essas letras de algum lado... lol

E de facto é mesmo assim, existem musicas que nos fazem recuar no tempo... momentos melhores ou piores não interessa, é o nosso passado... há que relembrá-lo com o carinho que merece.

Quem não acha piada ouvir uma musica e ela fazer voltar atrás no tempo àquele primeiro amor platónico, àquele primeiro beijo, àquela primeira borga dançante... Não é saudosismo... meras recordações!!

Ah, e agradeço a música de segreles à meia leca. Infelizmente não oiço muito tunas, por falta de oportunidada na maioria das vezes, mas existem certas musicas que bem tocadas e cantadas por uma tuna conseguem-me fazer arrepiar. Por isso percebo o que dizes dessa entrada na igreja... lol. Boa sorte com o padre (tadinho!!!!)

Ps. vê lá se não invertes os momentos, concretiza primeiro o segundo e só depois o primeiro... lol... dá mais jeito!!

Andorinha disse...

lolololol
Como PS esqueci-me de agradecer à minha doce Free as letras!

Qto ao 1º vir depois do 2º...quem anda à chuva molha-se! Nunca se sabe!!lol
Tem é de ser um Pai à maneira!;)

marta disse...

Falta aqui uma Andorinha: "Amelia dos Olhos Doces"...:))))

E abraçares "aquela" pessoa ao som do "Yo sin ti"?...hummmm

PS- confesso que partilho ctgo esse desejo do 1º momento (antes ou depois do segundo, tanto faz) ..lol

marta disse...

E tb partilho ctgo esse gosto imenso por tunas, em especial a minha Tuist que amo de paixão e que conheço há 10 anos, de quem fui guia outros quantos, que já acompanhei por Lisboa, Aveiro, Braga, Coimbra, Evora e Santarem em noites e fds completamente magicos, que me deixaram recordações imensas e onde conheci pessoas fantásticas que levo comigo para a vida...:)
bjs

Andorinha disse...

Eh lecas!! Oh Marta, então conheces o meu irmão! E certamente a mim também!
O meu mano é o pandeireta da Azeituna e o gajo q conta piadas em palco (tem a mania q é palhaço;)), mais conhecido por Kuoiso!lol
São terríveis!
Eu acompanho a maralha da TUIST apenas há um ano (por interposto do meu irmão q esteve em terras mouras no último ano), os da Azeituna há mais, por isso gosto mais do "Zé Brasileiro" que da "Amélia dos olhos doces"!:))
Mas cada qual escolhe a música q nos faz vibrar, se a ti é a Amélia, então assim seja!
Mas já os vejo actuar há anos, e sp foram os nossos (da família) favoritos!Meninos jóia!Pestinhas, mas jóias! lol
Beijinhos!!

marta disse...

Eu estudei em Aveiro, foi lá que fui guia da Tuist varios anos, foi lá que conheci os azeitunos tb, sabes que entre Aveiro e a Azeituna sempre houve um "amor" mto especial já desde há mtos anos. Lembro-me que Aveiro sempre foi o festival em que ía sempre mais gente de Braga. Sim, sei quem é o teu irmão e tb acho que te conheço a ti: tenho a impressão que no fitua do ano passado, dia 30 de Abril e 1 de Maio, fui com o Brazinha levar-te ao taxi na madrugada de sabado. Lembras-te?
A mim é a Amélia que me faz vibrar pq foi a 1ª serenata que a Tuist me fez, em pleno teatro Aveirense, tinha eu os meus 20 aninhos...bons tempos e isso fica para sempre no meu coração...;)

marta disse...

E ainda melhor que isso foi ter tido o previlégio de ter uma serenata com a Tuist e a Azeituna juntas em que me cantaram a "Amélia" e os "Versos de amor". Escusado será dizer que fiquei a chorar em plena praça do peixe, em Aveiro...:)é muita emoção junta para uma mulher só..ehhh

Andorinha disse...

Bolas! Tiveste mais sorte q eu! Só consegui uma serenata de cada uma em separado! Aliás, da Azeituna não é serenata pq o meu irmão não deixa! lol lol lol
Já sei quem és sim senhora!O bom da Praça do Peixe é que com o ar a dar-nos na tromba o efeito do alcool é mais reduzido!:D

Ora seja então bem-vinda a este humilde espaço de lazer, visita-nos sp q desejares!;)
Beijinhos

marta disse...

Não foi sorte! Sabes que qd se é guia num festival de tunas eles fazem qq coisa para ter acesso às senhas da cerveja! lolol

E obrigado pelo vosso acolhimento..
beijinho